Postagens

Os irmãos negros 'albinos' que foram sequestrados pelo circo e anunciados como 'marcianos'

Imagem
No início do século XX, muitas pessoas foram compradas, vendidas e exploradas como aberrações por promotores de circo americanos e europeus; com os irmãos Muse não foi diferente. Nascidos com uma forma rara de albinismo, George e Willie Muse, foram sequestrados por um promotor de shows circense, chamado James Shelton, que os apresentava como seres de outro planeta. Eram chamados de “Eko e Iko, os Embaixadores de Marte”. Após 13 anos, longe da terra natal, agora com 30 anos, George e Willie Muse se apresentam no local de origem, em 14 de outubro de 1927. Quando eles começaram a cantar “It's a Long Way to Tipperary,” uma música que se tornou uma das favoritas deles durante a Primeira Guerra Mundial, George avistou um rosto familiar atrás da multidão. Ele se virou para o irmão e disse: “Aí está nossa querida e velha mãe. Olha, Willie, ela não está morta”, os irmãos largaram seus instrumentos e finalmente abraçaram a mãe. Os seus exploradores diziam que seus pais estavam mortos. H

Armas e ditadura | a classe dominante não quer "espírito santo" nem democracia

Imagem
Uma coisa que me intrigava desde o meu primeiro contato com a Bíblia, era, porque o deus bíblico precisou matar tanta gente para provar estar acima de todos, e quem reconhece estava condenado à morte? Outro questionamento interessante; por que ele ignorou as maiores civilizações e escolheu beduínos rudes e ignorantes do deserto arábico? O direito selvagem da conquista dos hebreus, inspirou os colonizadores europeus, baseados na Bíblia, a praticarem verdadeiros genocídios de povos nativos. O deus guerreiro hebreu, fascinou os povos de índole guerreira da Europa, que viram os atributos dos seus deuses incorporados no Deus da guerra cristão. Milhares de anos se passaram e o arcaico deus da guerra do deserto continua fazendo mais vítimas. O ódio é o motor que move os seguidores do deus da classe dominante, que precisa dele para combater os “inimigos”: os pacifistas, humanistas, artistas, intelectuais e tudo que é civilizatório. O mundo ficou mais perigoso com ascensão ao p

Sérgio Moro emite nota oficial comunicando sua saída do Podemos e desistência da corrida presidencial

Imagem
NotaOficial : O Brasil precisa de uma alternativa que livre o país dos extremos, da instabilidade e da radicalização. Por isso, aceitei o convite do presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, para me filiar ao partido . ... e, assim, facilitar as negociações das forças políticas de centro democrático em busca de uma candidatura presidencial única. A troca de legenda foi comunicada à direção do Podemos, a quem agradeço todo o apoio. Para ingressar no novo partido, abro mão, nesse momento, da pré-candidatura presidencial e serei um soldado da democracia para recuperar o sonho de um Brasil melhor.  

Deputado bolsonarista se esconde na Câmara para não usar tornozeleira eletrônica

Imagem
Alexandre Moraes autorizou a Polícia Federal e a Vara de Execuções Penais do Distrito Federal a cumprirem a decisão em que obriga o bolsonarista Daniel Silveira, a usar uma tornozeleira eletrônica após novas afrontas e ameaças ao ministro da Suprema Corte. No entanto, o parlamentar alegou que a medida tomada pelo ministro do STF não pode ser cumprida enquanto ele estiver no interior do prédio do Legislativo, onde decidiu pernoitar no seu gabinete. O ex-policial tem um histórico de indisciplinas e infrações. Antes de se tornar o deputado federal preso por atacar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Daniel Silveira havia acumulado 60 sanções disciplinares na Policial Militar no Rio de Janeiro durante os cinco anos em que integrou a corporação como soldado. O brutamonte foi preso por determinação do ministro Alexandre de Moraes, após ameaçar o STF e incentivar o uso de violência contra os ministros da Suprema Corte. Em 09/11/2021 Silveira deixou a prisão em que estava deti

Cai o ministro que autorizou uso de sua imagem em exemplares da Bíblia e recebeu pastores lobistas

Imagem
O ministro da Educação, Milton Ribeiro, deixa o cargo em meio a denúncias envolvendo tráfico de influência de pastores de um suposto “gabinete paralelo. Os envolvidos cobravam propinas a prefeitos para facilitar liberação verbas da Educação. As propinas eram cobradas em espécie, barras de ouro e até distribuição de Bíblias. Ribeiro admitiu nessa segunda-feira (28) que autorizou a reprodução de sua imagem em exemplares da Bíblia . Diante da repercussão na impressa e redes sociais, a bancada evangélica pressionou e exigiu a demissão do ministro para evitar mais desgastes na campanha de reeleição do presidente Jair Messias Bolsonaro. A publicação das bíblias com a imagem do ministro e dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura foi revelada pelo jornal “O Estado de S. Paulo”. O surgimento desses novos fatos envolvendo o ministro de Educação contribuíram para sua saída do cargo. A corrupção no governo Bolsonaro será amplamente explorada pela oposição durante o período eleitoral.

Feitiço contra o feiticeiro | Deltan é condenado a indenizar Lula por caso do PowerPoint

Imagem
O ex-procurador da República, Deltan Dallagnol, terá que pagar indenização de R$ 75 mil por danos morais ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por ataques à honra durante a entrevista do PowerPoint . Os ministros concluíram que as expressões: “o grande general” e "propinocracia", usadas por  Deltan, teve o  objetivo de ferir a imagem do ex-presidente, já essas expressões pejorativas não constavam na denúncia contra Lula. A defesa de Lula afirmou que a entrevista coletiva de Deltan em setembro de 2016, “se transformou em um deprimente espetáculo de ataque à honra à imagem e à reputação” do ex-presidente. Foi pedido R$ 1 milhão em reparação por danos morais, mas após discussão, os magistrados fixaram a indenização em R$ 75 mil. Corrigido desde o mês em que a entrevista foi concedida, o valor final será superior a R$ 100 mil.

Geraldo Alckmin anuncia filiação ao PSB e diz que o 'Tempo da mudança chegou'

Imagem
É considerado certo a escolha de Alkmin como vice de Luiz do ex-presidente Lula (PT) em 2022. O ex-governador de São Paulo anunciou hoje, que estará se filiando ao PSB após deixar o PSDB, partido que ajudou fundar. “o tempo da mudança chegou”, diz Geraldo Alkmin em um dos seus posts nas redes sociais e complementa: “ O momento exige grandeza política, espírito público e união. A política precisa enxergar as pessoas. Não vamos deixar ninguém para trás. Nosso trabalho para ajudar a construir um país mais justo e pronto para o enfrentamento dos desafios que estão postos está só começando.” Geraldo Alckmin, ex-secretários e aliados assinarão suas fichas de filiação ao PSB na próxima quarta-feira (23) em evento que está sendo organizado no Distrito Federal. A presença do ex-presidente Lula ainda não foi confirmada, mas tudo indica que não perderá a oportunidade de discursar favoravelmente a adesão de Alkmin ao movimento progressista.

Postagens mais visitadas deste blog

Atenção | Senador e candidato à presidência, Alexandro Vieira deixa o Cidadania

Cai o ministro que autorizou uso de sua imagem em exemplares da Bíblia e recebeu pastores lobistas

A viagem de Lula pelo nordeste rachou a base de Bolsonaro na região.