Postagens

Nova pesquisa Ipespe | Lula tem 43%, Bolsonaro, 28%, e Ciro e Moro empatam com 8%

Imagem
Em um levantamento encomendado pela XP, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém liderança isolada nas intenções de voto na nova Ipespe, divulgada nesta sexta-feira. A pesquisa foi realizada com 1.000 entrevistados de todas as regiões do país entre segunda e quarta-feira dessa semana. A margem de erro estimada é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,5%. Veja o resultado da pesquisa: Lula – 43% Jair Bolsonaro – 28% Ciro Gomes – 8% Sérgio Moro – 8% João Doria – 3% Simone Tebet – 1% Eduardo Leite – 1% André Janones – 1% Felipe d’Ávila* – 0 Alessandro Vieira** – 0 Nenhum / não iria votar / branco / nulo – 7% Não sabe / não respondeu – 2% * Felipe D´Avila foi citado, mas não chegou a 1% de citações ** Alessandro Vieira foi testado, mas não foi citado por nenhum respondente. João Doria Luiz Inácio Lula da Silva Pesquisas Eleitorais Sergio Moro XP investimentos Fonte: VEJA.

Requião se filiará ao PT no próximo dia 18 de março com a presença de Lula em Curitiba

Imagem
Conforme o Blog do Esmael, o ex-senador Roberto Requião, pré-candidato ao governo do Paraná estará se filiando ao Partido dos Trabalhadores na próxima sexta. A filiação se dará em um evento com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Requião, aguardava as negociações entre o PT e o PSB para formar uma federação, para só então, se filiar ao Partido Socialista Brasileiro. Como não houve acordo e o PSB paranaense e lideranças locais se aproximaram da candidatura à reeleição do Ratinho Júnior, também pré-candidato ao governo, optou pela filiação ao PT. O ex-governador já havia manifestado interesse em se filiar à sigla do presidente Lula e ajudá-lo na eleição. Lula lidera as pesquisas de intenção de votos naquele estado e o apoio fortaleceria sua própria campanha contra o bolsonarista.

O entrave com o PSB continua e o partido não fará parte da Federação de Esquerda encabeçada pelo PT

Imagem
O entrave com o PSB continua após a federação composta pelos: PT, PCdoB e PV ter rejeitado a carta de condições dos socialistas para compor a aliança com os demais partidos. O PSB decidiu abandonar as abandonar discussões por federação na esquerda. Apesar de ficar fora da aliança, os petistas terão o apoio nas eleições contra Bolsonaro. Os partidos da aliança divulgaram a seguinte nota : “ As quatro agremiações, Partido dos Trabalhadores, Partido Socialista Brasileiro, Partido Comunista do Brasil e Partido Verde tem unidade na construção de uma frente para enfrentar Bolsonaro e reconstruir o Brasil, unidos na candidatura Lula presidente. Estamos convictos que esta decisão é um marco histórico e um passo decisivo para trilharmos a vitória eleitoral nas eleições de 2022, construir uma nova maioria que possa devolver a esperança a nosso povo. Nos últimos meses, o Partido dos Trabalhadores, o Partido Socialista Brasileiro, o Partido Verde e o Partido Comunista do Brasil, tem reali

O colunista Kennedy Alencar chamou o presidente da Ucrânia de irresponsável e inapto para o cargo

Imagem
O colunista Kennedy Alencar, chamou o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, de “ irresponsável e inapto ” para ocupar o cargo de presidente. O jornalista responsabiliza Zelensky de colocar civis inexperiêntes para enfrentar soldados da segunda potência militar do planeta, após a recusa da OTAN de se envolver diretamente no conflito. Para ele, o ex-comediante contribuiu para a escalada das tensões ao ignorar as reivindicações e alertas de Vladimir Putin e flertar com a OTAN. A russofobia europeia não perdeu tempo e transformou Volodymyr Zelensky em “herói” internacional. Apesar da chegada de armas e mercenários estrangeiros, a queda de Kiev é uma questão de tempo. O contingente do exército russo é o maior do mundo; estima-se que apenas 1% esteja envolvido na guerra da Ucrânia. Embora a mídia russa esteja censurada no ocidente e os veículos pro Estados Unidos coloquem o “herói” midiático derrotado o exército russo, verdade é outra. Os russos já dominam posições estratégicas par

Novo diretor da PF decide trocar comando de setor que investiga Bolsonaro

Imagem
Um dos motivos alegados pelo ex-ministro da Justiça e presidenciável Sérgio Moro para romper com Bolsonaro, foi a interferência na Polícia Federal para proteger parentes e aliados. O presidente trocou de delegados quatro vezes. A primeira substituição foi quando Moro pediu demissão. Maurício Valeixo, Indicado pelo então ministro Sérgio Moro, ficou no cargo de janeiro de 2019 até abril de 2020, substituído por Rolando de Souza, substituído por Paulo Maiurino. Márcio Nunes, foi nomeado nesta sexta (25), no novo diretor da PF. Nunes, fará mudanças na Dicor , Diretoria de Combate ao Crime Organizado e à Corrupção, uma das áreas mais sensíveis da polícia. É uma divisão vinculada a equipe encarregada dos inquéritos de políticos que estão no cargo, inclusive o presidente da República. Não é difícil imaginar que o real motivo é o período eleitoral.

Moraes pede que a PGR investigue ida de Carlos Bolsonaro, 'vereador internacional' à Rússia

Imagem
A ida do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) à Rússia em ano eleitoral levantou uma série de suspeitas que deixou a oposição intrigada. O vereador que não atual em funções diplomáticas, faria o quer no Kremlin? Na Rússia estão os maiores especialistas em guerra digital suja, nas eleições. Isso é tudo que Bolsonaro precisa para tentar melar o processo eleitoral e justificar um golpe diante da iminente derrota. Diante dessa suspeita, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), entrou com uma ação no STF, alegando que a visita de Bolsonaro ao país euro-asiático possa representar um risco às eleições presidenciais deste ano. O pedido foi protocolado no mesmo inquérito que apura a realização de atos com pautas antidemocráticas no país. Randolfe também quer que a atuação do assessor presidencial Tércio Arnaud, integrante do chamado “gabinete do ódio” do Palácio do Planalto, seja investigada. Atendendo ao senador, o ministro do STF, Alexandre de Moraes , enviou o pedido à Procurador

Tribunal de Contas da União delega à PGR bloqueio imediato de bens de Moro

Imagem
O ex-juiz de Curitiba, julgado parcial na condenação de Lula, é suspeito de enriquecimento ilícito após deixar o Ministério da Justiça do governo Bolsonaro e ser contratado pela Alvarez e Marsal. Moro, teria recebido valores de empresas que ele julgou, condenou e avalizou acordos de leniência. O TCU suspeita que as empresas que ele julgou como juiz tenham abastecido cofres da banca que ele integrou como advogado. Apesar de alegar sempre não ter havido conflito de interesse e que nunca atuou para as empresas que julgou, o ministro Bruno Dantas afirma que os fatos precisam ser apurados porque a empresa de advocacia não esclareceu devidamente se pagou Moro por serviços prestados para empreiteiras julgadas na Lava Jato. A Alvarez & Marsal recebeu cerca de R$ 40 milhões de empresas condenadas na Lava Jato, sendo R$ 1 milhão por mês da Odebrecht e Ativos (antiga agroindustrial), R$150 mil da Galvão Engenharia, R$ 97 mil da OAS e R$ 115 mil mensais do Estaleiro Enseada. O ministro c

Postagens mais visitadas deste blog

Armas e ditadura | a classe dominante não quer "espírito santo" nem democracia

Feitiço contra o feiticeiro | Deltan é condenado a indenizar Lula por caso do PowerPoint

O mal travestido de religiosidade e o projeto de poder das mentes doentias do país