Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Política

Sérgio Moro emite nota oficial comunicando sua saída do Podemos e desistência da corrida presidencial

Imagem
NotaOficial : O Brasil precisa de uma alternativa que livre o país dos extremos, da instabilidade e da radicalização. Por isso, aceitei o convite do presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, para me filiar ao partido . ... e, assim, facilitar as negociações das forças políticas de centro democrático em busca de uma candidatura presidencial única. A troca de legenda foi comunicada à direção do Podemos, a quem agradeço todo o apoio. Para ingressar no novo partido, abro mão, nesse momento, da pré-candidatura presidencial e serei um soldado da democracia para recuperar o sonho de um Brasil melhor.  

Geraldo Alckmin anuncia filiação ao PSB e diz que o 'Tempo da mudança chegou'

Imagem
É considerado certo a escolha de Alkmin como vice de Luiz do ex-presidente Lula (PT) em 2022. O ex-governador de São Paulo anunciou hoje, que estará se filiando ao PSB após deixar o PSDB, partido que ajudou fundar. “o tempo da mudança chegou”, diz Geraldo Alkmin em um dos seus posts nas redes sociais e complementa: “ O momento exige grandeza política, espírito público e união. A política precisa enxergar as pessoas. Não vamos deixar ninguém para trás. Nosso trabalho para ajudar a construir um país mais justo e pronto para o enfrentamento dos desafios que estão postos está só começando.” Geraldo Alckmin, ex-secretários e aliados assinarão suas fichas de filiação ao PSB na próxima quarta-feira (23) em evento que está sendo organizado no Distrito Federal. A presença do ex-presidente Lula ainda não foi confirmada, mas tudo indica que não perderá a oportunidade de discursar favoravelmente a adesão de Alkmin ao movimento progressista.

Atenção | Senador e candidato à presidência, Alexandro Vieira deixa o Cidadania

Imagem
Informação importante de última hora; o pré-candidato do Cidadania à presidência, Alessandro Vieira, deixa o partido. Em nota , ele afirmou que a consequência desta postura é o crescente descrédito da classe política,  confirmado em pesquisas, mas ainda mais grave é lacuna de representação que se a larga a cada ano no Brasil, abrindo espaço para populistas e responsáveis e que ingressou no Cidadania. Candidato à presidência da república, Alessandro Vieira foi delegado da Polícia Civil e está estreando no seu mandato como Senador Federal pelo Estado do Sergipe. Ele se mostrou um parlamentar de muito destaque e técnico na CPI da pandemia. Alessandro afirma que ao longo desses anos tem plena convicção que representou este sentimento no Senado e também no partido, tendo a coerência o espírito público e a transparência como princípios norteadores do seu trabalho. Ele revela que o motivo do rompimento com o Cidadania é manutenção de Roberto Freire como dono do partido por 34 anos, chega

Nova pesquisa Ipespe | Lula tem 43%, Bolsonaro, 28%, e Ciro e Moro empatam com 8%

Imagem
Em um levantamento encomendado pela XP, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém liderança isolada nas intenções de voto na nova Ipespe, divulgada nesta sexta-feira. A pesquisa foi realizada com 1.000 entrevistados de todas as regiões do país entre segunda e quarta-feira dessa semana. A margem de erro estimada é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,5%. Veja o resultado da pesquisa: Lula – 43% Jair Bolsonaro – 28% Ciro Gomes – 8% Sérgio Moro – 8% João Doria – 3% Simone Tebet – 1% Eduardo Leite – 1% André Janones – 1% Felipe d’Ávila* – 0 Alessandro Vieira** – 0 Nenhum / não iria votar / branco / nulo – 7% Não sabe / não respondeu – 2% * Felipe D´Avila foi citado, mas não chegou a 1% de citações ** Alessandro Vieira foi testado, mas não foi citado por nenhum respondente. João Doria Luiz Inácio Lula da Silva Pesquisas Eleitorais Sergio Moro XP investimentos Fonte: VEJA.

Requião se filiará ao PT no próximo dia 18 de março com a presença de Lula em Curitiba

Imagem
Conforme o Blog do Esmael, o ex-senador Roberto Requião, pré-candidato ao governo do Paraná estará se filiando ao Partido dos Trabalhadores na próxima sexta. A filiação se dará em um evento com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Requião, aguardava as negociações entre o PT e o PSB para formar uma federação, para só então, se filiar ao Partido Socialista Brasileiro. Como não houve acordo e o PSB paranaense e lideranças locais se aproximaram da candidatura à reeleição do Ratinho Júnior, também pré-candidato ao governo, optou pela filiação ao PT. O ex-governador já havia manifestado interesse em se filiar à sigla do presidente Lula e ajudá-lo na eleição. Lula lidera as pesquisas de intenção de votos naquele estado e o apoio fortaleceria sua própria campanha contra o bolsonarista.

O entrave com o PSB continua e o partido não fará parte da Federação de Esquerda encabeçada pelo PT

Imagem
O entrave com o PSB continua após a federação composta pelos: PT, PCdoB e PV ter rejeitado a carta de condições dos socialistas para compor a aliança com os demais partidos. O PSB decidiu abandonar as abandonar discussões por federação na esquerda. Apesar de ficar fora da aliança, os petistas terão o apoio nas eleições contra Bolsonaro. Os partidos da aliança divulgaram a seguinte nota : “ As quatro agremiações, Partido dos Trabalhadores, Partido Socialista Brasileiro, Partido Comunista do Brasil e Partido Verde tem unidade na construção de uma frente para enfrentar Bolsonaro e reconstruir o Brasil, unidos na candidatura Lula presidente. Estamos convictos que esta decisão é um marco histórico e um passo decisivo para trilharmos a vitória eleitoral nas eleições de 2022, construir uma nova maioria que possa devolver a esperança a nosso povo. Nos últimos meses, o Partido dos Trabalhadores, o Partido Socialista Brasileiro, o Partido Verde e o Partido Comunista do Brasil, tem reali

Novo diretor da PF decide trocar comando de setor que investiga Bolsonaro

Imagem
Um dos motivos alegados pelo ex-ministro da Justiça e presidenciável Sérgio Moro para romper com Bolsonaro, foi a interferência na Polícia Federal para proteger parentes e aliados. O presidente trocou de delegados quatro vezes. A primeira substituição foi quando Moro pediu demissão. Maurício Valeixo, Indicado pelo então ministro Sérgio Moro, ficou no cargo de janeiro de 2019 até abril de 2020, substituído por Rolando de Souza, substituído por Paulo Maiurino. Márcio Nunes, foi nomeado nesta sexta (25), no novo diretor da PF. Nunes, fará mudanças na Dicor , Diretoria de Combate ao Crime Organizado e à Corrupção, uma das áreas mais sensíveis da polícia. É uma divisão vinculada a equipe encarregada dos inquéritos de políticos que estão no cargo, inclusive o presidente da República. Não é difícil imaginar que o real motivo é o período eleitoral.

Marta Suplicy se reaproxima de Lula para reforçar a campanha do presidenciável em 2022

Imagem
Marta Suplicy volta para os braços de Lula após um longo período de rompimento com o PT. Afastada da legenda, Marta chegou a se filiar no MDB de Michel Temer e, votou a favor do impeachment de Dilma em 2020. No entanto, a ex-prefeita de São Paulo nunca criticou o ex-presidente Lula, sendo solidária quando ele estava preso. Marte deve reforçar a campanha de Lula para presidente em 2022. Em seu Twitter, ela posta uma foto abraçada com Lula e escreve: “Momento de despedida da reunião com mulheres e Lula: 18/2/22” . A reunião que sela a reaproximação de Marta com o PT, aconteceu neste final de semana em um jantar na casa de Haddad e contou com as presenças de: Ana Estela, esposa do ex-prefeito, o empresário Márcio Toledo, marido de Marta, Rosangela da Silva (Janja), noiva de Lula, e do advogado Marco Aurélio de Carvalho entre outros.

Não importa a cor ou nacionalidade, o discurso de ódio e culto a personalidade é a essência nazifascismo

Imagem
Tudo começa com o discurso de ódio e acusações infundadas, como, “estamos assim por causa deles”, seguido de uma agenda de costumes com objetivo de destruir a identidade cultural do outro e implantar a ideologia do “novo” baseado no velho. Foi assim na Alemanha nazista e assim será, não importa a nacionalidade, os métodos são os mesmos com base na Bíblia (João 8:44) e em nome de Deus , por mais absurda que pareça. “Deus está conosco", dizia as inscrições nos cintos dos soldados de Hitler, que acreditava que a sua luta contra os judeus era uma missão divina. Os cristãos de todos os tempos usaram a Bíblia para justificar seus crimes contra a humanidade em nome de Deus. Tudo começou quando o Império romano institucionalizou o cristianismo como religião oficial do estado, no século da EC. A partir de antão, judeus foram responsabilizados pela morte do “salvador”. Embora as coisas tenham mudado de lá para cá e judeus não sendo mais odiados por cristãos, mesmo não acreditando em

Suplente de Flávio abandona o barco bolsonarismo e pula para o lavajatismo de Moro

Imagem
O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública no governo Bolsonaro, Sérgio Moro, acolherá os náufragos do Titanic bolsonarista a deriva. Aliás, o ex-juiz de Curitiba já foi uma espécie de “Super Man” dessa turma. Dessa vez será o porto onde os botes salva-vidas aportarão. Segundo o colunista Guilherme Amado, Leonardo Rodrigues (Patriota-RJ), estará se filiando ao Podemos para se candidatar a deputado federal em 2022. Rodrigues, é o segundo suplente do Senado Federal, ao lado do senador eleito Flávio Bolsonaro. O ex-bolsonarista já foi acusado de receber propina , quando era secretário estadual de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro no governo de Wilson Witzel. Atualmente, o ex-juiz já é a maior ameaça ao ninho bolsonarista, que teme ficar fora do segundo turno com a candidatura do ex-ministro. As reações já começaram com ataques como: comunista !

Lula mantém liderança enquanto Bolsonaro perde votos para Moro; Ciro encolhe e desaparece das redes

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), candidato a reeleição, continua com os piores índices de aprovação e Moro nos seus calcanhares ganhando os votos de bolsonaristas arrependidos. Enquanto isso, Ciro Gomes encolhe e deixa de ser comentado nas redes sociais. Ciro já teve dias melhores quando estava sendo cotado como um possível vice de Lula. Uma indicação que teve o apoio de todo a esquerda, que considerava uma chapa imbatível.  Contudo, ele nunca foi de esquerda e decidiu adotar a tática da direita, contra Lula. Arrogante e eloquente no discurso, Ciro Gomes confiou na lábia ao concentrar seus ataques no favorito nas intenções de votos. Cometeu o erro de relacionar Lula à Prevent Senior, foco da investigação da CPI da Covid naquele período.  Essa agressão revoltou a esquerda, dividiu o PDT e causou a reação da  presidente do PT,  Gleisi gleisi Hoffmann, que disse: “Que fim de carreira’'.  Essa fake news contra Lula deixou o candidato a presidente pelo PDT ainda mais isolado e

Bolsonaristas das redes sociais parte com fúria para cima do candidato da Globo

Imagem
As eleições de 2022 será marcada por uma verdadeira guerra das milícias digitais entre Jair Bolsonaro e seu Rival, Sérgio Moro. Ambos possuem um grande “exercito” nas redes, prontos para os embates que seguirão até o próximo ano. A internet estará poluída de lixo eletrônico até lá. As milícias digitais de Bolsonaro já partiram para o ataque. Segundo o site  DCM , os bolsonaristas foram responsáveis pela maioria dos comentários sobre a filiação de Sérgio Moro ao Podemos. 49% das menções ao assunto no Twitter partiram de simpatizantes do presidente. 28% delas foram de apoiadores do ex-juiz. O ex-juiz conta com ativistas lavajatistas que lideram grupos de quase 3 milhões de seguidores nas redes sociais que participaram ativamente nos protestos pro Lava Jato e em apoio a Bolsonaro em 2018. Essa briga entre “criador e criatura”, beneficia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pode vencer em primeiro turno, com folga.

Alexandre de Moraes decretará novas prisões de bolsonaristas até o final do ano; quem será o próximo?

Imagem
  Alexandre de Moraes decretará novas prisões de bolsonaristas até o final do ano, publicou o jornalista Guilherme Amado, no Metrópolis . As prisões de mais extremistas será um duro golpe nas pretensões de Bolsonaro, que pretende usar as milícias digitais em 2022. Bolsonaro e seus filhos ficam em silêncio diante do pedindo de prisão de Allan dos Santos, a figura do “front” mais próxima do clã. O blogueiro é o responsável por fomentar teorias conspiratórias que alimentam os delírios antidemocráticos e anticomunistas da extrema-direita. Seguramente, o propagador oficial das fake news bolsonarista, será mais um que será abandonado, assim como os demais que perderam o prazo de validade. Essa prisão de Allan dos Santos tirou o sono do Carluxo, apontado como cabeça do “gabinete do ódio” e com grandes chances de ser o próximo da fila.

O pibull das fake news tem prisão decretada e é procurado pela Interpol para ser extraditado

Imagem
  Com o visto de turista vencido nos Estados Unidos, o pitbull das fake news, Allan dos Santos, agora é procurado pela Interpol para ser extraditado e preso no Brasil. A prisão preventiva do blogueiro bolsonarista foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes. O blogueiro é alvo de dois inquéritos que tramitam no STF que investigam ataques as instituições democráticas, autoridades, propagação de fake news e organização de atos antidemocráticos. A ordem de prisão acontece após o canal e as contas das redes sociais terem sidos encerrados. Segundo O GLOBO, a determinação para que o blogueiro fosse preso foi expedida há 15 dias pelo ministro do STF e que a embaixada do Brasil nos Estados Unidos foi informada.

Bolsonaro é derrotado na MP para manter fake news na internet

Imagem
Robôs, perfis falsos de milícias digitais  bolsonaristas  continuam proliferando as redes. São perfis travestidos de policiais, criados para atacar e criminalizar a esquerda com fake news. Atrás deles estão parentes ou funcionários de políticos locais, que não querem se expôs em um debate aberto. É o caso de Henrique Santos , perfil do Facebook que usa a foto de Mario Maurício da Silva Pita Júnior, 34 anos, policial sergipano, falecido em maio, devido a covid-19. O verdadeiro dono do perfil é um baiano, que é policial lotado em Aracaju. O Marco Civil da Internet, oficialmente chamado de Lei n° 12 965/2014 , foi uma grande conquista para os brasileiros. O regulamento tem o propósito de estabelecer princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil, além da determinação de diretrizes para a atuação do Estado. No entanto, Bolsonaro pretendia que essas regras deixassem de valer com a MP nº 1068, de 2021, editada à véspera do dia 7 de setembro, para que as fake

O inventor da “rachadinha” e os herdeiros do esquema criminoso do clã

Imagem
As investigações tiveram início somente em meados de 2018 quando o Conselho de Controle Atividades Financeiras (Coaf), identificou movimentações suspeitas na conta de Queiroz, assessor e homem de confiança de Flávio Bolsonaro. Esse dinheiro ( 2,7 milhões de reais) era proveniente do confisco de parte dos salários de funcionários do então deputado, na Alerj. Segundo a investigação, somente Flávio Bolsonaro movimentou cerca de R$ 2,3 milhões, lavados na loja de chocolates e em imóveis. Tratava-se apenas da ponta de um gigantesco ‘iceberg’ de um esquema iniciado pelo patriarca da família, hoje presidente. Segundo um ex-funcionário, o dinheiro era de funcionários fantasmas e de alguns que trabalhavam; até a babá do Renan, filho mais novo do presidente, teria sido usada no esquema. Leia a matéria completa em Metrópoles.

Escola "bolsonarista" suspende professora por criticar Bolsonaro e helicóptero sobrevoa com bandeira

Imagem
Há três anos, a Polícia Federal abriu dois inquéritos para investigar o ataque ao então candidato à presidência, Jair Bolsonaro Messias Bolsonaro. As investigações concluíram que Adélio agiu sozinho. Os sigilos telefônicos e bancários do agressor foram quebrados e nada foi encontrado de provas que o atentado contra Bolsonaro teve cúmplices ou mandantes. No entanto, o caso Adelio voltou à tona nas redes através de Bolsonaro e seu filho Carlos Bolsonaro, em sinal de desespero para tentar inflamar a manifestação marcada para amanhã, dia 7 de setembro.

Carluxo mais perto da cadeia após a quebra dos sigilos bancários e fiscais pela justiça do Rio

Imagem
Após dois anos do levantamento feito pelo MP sobre a possibilidade de um esquema de “rachadinha” envolvendo Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), o vereador finalmente teve seus sigilos bancários e fiscais quebrados pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Os supostos crimes (fake news, reachadinhas e ligações com milícias) do clã já estão sendo apurados. A família bolsonaro, formada por políticos de carreira, é acusada de enriquecer com confisco de parte dos salários de seus assessores de gabinetes, ao longo dos anos. O processo das chamadas rachadinhas contra o senador Flávio Bolsonaro (Patriota), voltou a tramitar, mas a defesa do deputado conseguiu o adiamento do julgamento, mas Eduardo e o Carluxo estão mais perto da cadeia.

A elite financeira brasileira se decepciona com Bolsonaro e se afasta do governo

Imagem
A Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e Febraban (Federação Brasileira de Bancos), cobraram serenidade, estabilidade institucional e, sobretudo, foco em ações e medidas urgentes e necessárias para que o Brasil supere a pandemia. A pressão da elite financeira exigindo ações do governo para que o país volte a crescer, gerar empregos para poder reduzir as carências sociais que atingem amplos segmentos da população, não agradou o governo. Em retaliação, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica são desvinculadas da Federação Brasileira de Bancos. O tempo fecha para Bolsonaro.

A viagem de Lula pelo nordeste rachou a base de Bolsonaro na região.

Imagem
O governo não tem um plano de medidas urgentes para superar a crise econômica gerada pela pandemia da covid-19. O liberalismo de Paulo Guedes falhou e Bolsonaro gerou uma crise institucional sem precedentes no país. Diante do cenário caótico criado pelo presidente da república, a elite financeira desembarca do desgoverno. O ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva, encerrou na última quinta-feira, sua viagem de doze dias pelo nordeste; o primeiro estado visitado foi Pernambuco. A viagem de Lula com sua caravana pelos seis estados reacendeu esperança em um futuro melhor e rachou a base aliada de Bolsonaro na região, para desespero do presidente.Lula deixou a região com o apoio público de líderes locais como, por exemplo, as siglas: progressista, PSB e parte do MDB, graças a sua capacidade de conversar com divergentes. A habilidade política do ex-presidente rachou o Centrão, que já ensaia o desembarque do governo diante da iminente derrota, possivelmente no primeiro turno.As declarações

Postagens mais visitadas deste blog

Armas e ditadura | a classe dominante não quer "espírito santo" nem democracia

Atenção | Senador e candidato à presidência, Alexandro Vieira deixa o Cidadania

Deputado bolsonarista se esconde na Câmara para não usar tornozeleira eletrônica