Vem aí uma nova avalanche de bolsonaristas para aparelhar o governo no ano eleitoral


2022 será ano eleitoral e o presidente Jair Bolsonaro terá a oportunidade aparelhar o estado com uma avalanche bolsonarista em posições estratégicas. Isso será possível graças a aprovação pela Câmara no dia 8, de um aumento de quase 50% das vagas em cinco tribunais. Serão nomeados 75 desembargadores nos seis tribunais regionais federais do país.

Após aparelhar os cargos chaves com militares, pastores, seus principais aliados, uma canetada dessa magnitude era tudo que o presidente queria. Está tudo dominado! A família está protegida e esses novos funcionários serão aguerridos cabos eleitorais do chefe.

A boa notícia é que, mesmo usando a máquina estatal como fosse sua, as chances de reeleição serão remotas, com o seu ex-ministro da Justiça nos calcanhares para tirar votos dos insatisfeitos e que perdera a fé no fé “messias” dos evangélicos. Além disso, o ex-presidente Lula está no páreo com ampla vantagem nas pesquisas de intenções de votos.

Postagens mais visitadas deste blog

Senador petista não segue o partido, vota a favor de Bolsonaro e revolta a esquerda

A tendência é que os fanáticos permaneçam com o mito e a elite migre para o 'justiceiro'

Suplente de Flávio abandona o barco bolsonarismo e pula para o lavajatismo de Moro