A tendência é que os fanáticos permaneçam com o mito e a elite migre para o 'justiceiro'

A desaprovação de Bolsonaro é o menor desde o início do seu mandato. 65% dos entrevistados afirmaram ter uma imagem negativa do mandatário da nação e apenas 19% classificam a administração como ótima ou boa, segundo nova pesquisa Atlas, divulgada nesta segunda-feira (29).

Essa queda brusca de popularidade se deve a entrada do seu ex-ministro da Justiça na disputa eleitoral. Atualmente, o ex-juiz já é a maior ameaça ao ninho bolsonarista, que teme ficar fora do segundo turno. O "gabinete do ódio” já está na linha de frente contra Moro, que conta com a grande mídia para atacar o ex-presidente Lula.

O ex-juiz de Curitiba acolherá os desiludidos com o mito, incapaz impor a sonhada ditadura para perseguir a esquerda. Portanto, trocam o ditador pelo justiceiro na esperança que ele faça o que presidente não conseguiu concretizar, perseguir a esquerda, como fez quando estava à frente da Lava Jato

Aliás, o ex-ministro já foi uma espécie de “Super Man” pela elite. Dessa vez será o bote salva-vidas da elite e grande mídia.

Postagens mais visitadas deste blog

Armas e ditadura | a classe dominante não quer "espírito santo" nem democracia

Atenção | Senador e candidato à presidência, Alexandro Vieira deixa o Cidadania

Deputado bolsonarista se esconde na Câmara para não usar tornozeleira eletrônica