Carluxo mais perto da cadeia após a quebra dos sigilos bancários e fiscais pela justiça do Rio


Após dois anos do levantamento feito pelo MP sobre a possibilidade de um esquema de “rachadinha” envolvendo Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), o vereador finalmente teve seus sigilos bancários e fiscais quebrados pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Os supostos crimes (fake news, reachadinhas e ligações com milícias) do clã já estão sendo apurados. A família bolsonaro, formada por políticos de carreira, é acusada de enriquecer com confisco de parte dos salários de seus assessores de gabinetes, ao longo dos anos.

O processo das chamadas rachadinhas contra o senador Flávio Bolsonaro (Patriota), voltou a tramitar, mas a defesa do deputado conseguiu o adiamento do julgamento, mas Eduardo e o Carluxo estão mais perto da cadeia.

Postagens mais visitadas deste blog

A viagem de Lula pelo nordeste rachou a base de Bolsonaro na região.

Sociedade da Morte: dinheiro acima de tudo e poder acima de todos

O descarte do terrivelmente evangélico para vaga do Supremo